Untitled Document
 
Notícias
História
Galeria
Tradições
Informações
Locais de interesse
Localização
Livro de visitas
Orgãos autárquicos
Informações autárquicas
Obras
Heráldica
Contactos
 
Notícias
Moção da Assembleia de Freguesia

A Assembleia de Freguesia de Fermêdo na sua reunião de 28 de Setembro de 2012, tendo tomado conhecimento que a Câmara Municipal de Arouca na reunião de 25 de Setembro 2012 ao discutir a reorganização administrativa do território das freguesias do município, aprovou um parecer no qual defende a constituição de 5 agrupamentos de freguesias no concelho, relegando para segundo plano as outras 15 freguesias, defendendo a agregação de Fermêdo á freguesia de Escariz.Estupefacta esta Assembleia de Freguesia vem manifestar a sua indignação e discordância com uma pretensão deveras lesiva e desrespeitosa com a população de Fermêdo, com o seu passado e com a sua história.  1 – Tendo em conta que esta Terra no presente tem associações na área da acção social, campos de futebol, e associações desportivas desempenhando um trabalho de relevo, e grupos empenhados no desenvolvimento cultural que tem levado o nome destas terras alem fronteiras como ninguém o fez até hoje.  2 – Tendo em conta que se realiza uma feira mensal e centenária na Freguesia.    3-- Tendo em conta que Fermêdo foi sede de Concelho com agremiação das freguesias de Louredo, Vale, S. Miguel do Mato, Escariz, Romariz e Mansôres, e por isso mesmo mais recentemente no ano de 2000 foi-lhe atribuído as siglas heráldicas com um Brasão de 4 Torres.  4 - Tendo em conta que D. Afonso III fez desta terra vila e deu-lhe foral em 1275 e D. Manuel I voltou a dar-lhe novo foral em 1514, (existe uma sentença sobre o foral datada de 22 Novembro de 1490 arquivo da torre do Tombo maço 6 dos forais velhos, nº1) que aqui os julgados e juízes faziam e editavam as leis, e que os senhores desta vasta região tiveram aqui regalias Reais.5 - Tendo em conta que possuímos um monumento nacional que se situa em frente ao Dómus Municipalis que é o PELOURINHO. 6 – Tendo em conta que um povo sem história é um povo sem passado, e um povo sem a memória de um passado é um povo sem futuro, apagar esta realidade ou estas memórias é um (CRIME) de lesa história. Assim a Assembleia de Freguesia de Fermêdo vem reivindicar a câmara de Arouca a continuação da sua soberania e do respeito que esta terra e este povo tem direito, e apelar aos membros da Assembleia da Câmara que empeçam a destruição do maior património de uma terra e de um povo que é a sua própria identidade.   Enviado: Senhor Presidente da Câmara Municipal de Arouca                Senhor Presidente da Assembleia Municipal de Arouca


[ voltar ]
 
Untitled Document